Saiba o que é e como funciona o novo Documento Eletrônico de Transporte DTe

O governo acaba de lançar o projeto-piloto Documento Eletrônico de Transporte – DTe que tem como principal objetivo simplificar a operação de transporte de carga, unificando todos os documentos – cerca de 20 no total – num único aplicativo de celular, economizando tempo dos caminhoneiros, diminuindo os intermediários no processo, e aumentando em até 20% o PIB do setor.

Carros
7 meses atrás
Saiba o que é e como funciona o novo Documento Eletrônico de Transporte DTe

O que é o Documento Eletrônico de Transporte – DTe?

O Documento Eletrônico de Transporte, também chamado de DTe, é um sistema que unificará os documentos exigidos pelo caminhoneiro para o transporte de carga. Ele será emitido por meio de um aplicativo simples que o trabalhador terá no seu celular e que reunirá todos os documentos necessários.

O sistema estará interligado às transportadoras e/ou embarcadores, unificando todas as autorizações necessárias para o transporte de carga ou de passageiros tudo num mesmo aplicativo de interface simples e intuitiva.

Com as informações em forma digital e integrada, o sistema pretende melhorar e simplificar a fiscalização, aumentar a segurança nas estradas, e dar mais eficiência à logística como um todo no país, eliminando a necessidade de documentos impressos.

O principal objetivo é diminuir a burocracia e aprimorar a fiscalização. A iniciativa faz parte do Projeto 3i (Integração, Informação e Inteligência), e também da Rede Brasil Inteligente, ambos do Governo Federal em busca de um país mais moderno, eficiente e conectado.

Como vai funcionar?

O processo atual onera demasiadamente a operação para o caminhoneiro, o qual sofre com a enorme burocracia e os custos elevados de serviços de despachante. Um chip acoplado ao veículo realizará a leitura eletrônica dos dados, de modo que o caminhoneiro possa seguir viagem sem precisar para nos postos de fiscalização e pesagem ao longo da viagem.

Além disso, quando estiver em pleno funcionamento o sistema ajudará o caminhoneiro no planejamento da viagem, já que permitirá o agendamento do embarque e desembarque nos portos.

Outros benefícios que o sistema implantará

Além da desburocratização dos documentos impressos que passarão a estar reunidos todos num mesmo e simples aplicativo, o sistema permitirá ao caminhoneiro agendar as operações de embarque e desembarque nos portos, integrado com o sistema “PORTOLOG” e “PORTO SEM PAPEL”.

Isso com certeza ajudará a reduzir custos no processo, e até mesmo na viagem do caminhoneiro, e ainda economizar muito tempo. Isso por uma razão bem simples: a arrecadação do transportador e do caminhoneiro ficarão privilegiados com o corte de intermediários desnecessários.

A medida, avaliou o ministro Tarcísio Gomes de Freitas, do Ministério da Infraestrutura, pode elevar o PIB do setor em até 20% com a desburocratização e aumento da arrecadação de cada setor em específico.

Parado 6 horas por viagem

Um caminhão chega a ficar parado – sem produtividade – até 6 horas em cada viagem, apenas em procedimentos burocráticos de fiscalização. O processo como um todo exigia cerca de 20 documentos ao caminhoneiro, prejudicando a agilidade nos processos e desperdiçando um tempo precioso do trabalhador.

Com a iniciativa o governo pretende proporcionar ao trabalhador um menor tempo de viagem, melhorar sua própria fiscalização com informações qualificadas e digitais que lhe permitirão arrecadar mais, aumentando o PIB do setor. A supressão dos intermediários desnecessários, que levam consigo parte da renda do caminhoneiro, é um dos aspectos mais importantes do projeto.

Com o projeto em funcionamento o caminhoneiro não precisará mais parar em postos fiscais, parar na entrada de porto, pois a aquisição das informações acontecerá de forma eletrônica, abrangendo um quantidade muito maior de veículos num menor espaço de tempo.

Um anexo: o cartão Petrobrás

Além desse sistema que desburocratiza o processo do transporte de carga rodoviário no país, está sendo testado o cartão Petrobrás que ajudará a garantir o preço do Diesel para o caminhoneiro. O cartão permitirá também maior controle e evitar abusos na cobrança mais elevada do combustível.

Velocidade.blog.br

O Velocidade.Blog.Br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?