Incentivos para fabricação de veículos elétricos e concedido pelo Governo de SP

Os carros elétricos serão tão comuns num futuro próximo como os carros a combustão que temos em tão grande quantidade andando pelas ruas atualmente. Essa transformação é inevitável e o Governo de São Paulo já está se adiantando, concedendo incentivos para as montadoras acelerarem o processo.

Novidades
4 meses atrás
Incentivos para fabricação de veículos elétricos e concedido pelo Governo de SP

Um futuro muito próximo

Se há alguns anos nos perguntávamos se os carros elétricos seriam uma realidade tão comum como os carros a combustão, hoje não podemos mais ter essa dúvida. Mas essa realidade não está tão longe quanto pode parecer à primeira vista.

Com todos os programas de sustentabilidade que vêm sendo desenvolvidos ao redor do planeta, e para a segurança do próprio planeta, os carros movidos a energia limpa deverão se tornar muito em breve bastante comum e acessível ao grande público.

Sempre que uma nova tecnologia é desenvolvida leva algum tempo até que ela possa ser produzida em massa e por um preço mais acessível. Foi o que aconteceu com os veículos a combustão que temos hoje em dia como algo tão acessível. E o mesmo está prestes a acontecer com os veículos elétricos.

O Governo de São Paulo um passo à frente

Percebendo essa tendência inevitável, o Governo de São Paulo já deu o primeiro passo rumo ao futuro, e está concedendo incentivos para que as fabricantes de veículos se dediquem à produção de modelos elétricos (híbridos ou 100% elétricos).

Para isso, criou o programa Pró-Veículo Verde, e está concedendo R$ 500 milhões em créditos do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para as montadoras que aderirem ao projeto. A previsão é de que o projeto atraia R$ 20 bilhões até 2025.

Outros benefícios

Mas esse não é o único benefício previsto. O modelo do programa ainda considera oferecer uma amortização de custos para as montadoras que decidirem realizar adaptações nas linhas de produção já existentes, além da construção de novas instalações.

“O Governo de São Paulo assinou documento na COP-26 com nosso compromisso de descarbonização em todo o estado das emissões até 2050”, afirmou João Doria. O governador disse ainda que a administração estadual passará a priorizar a compra de carros sustentáveis, principalmente para as áreas de Educação e Segurança Pública.

Simplificação dos requisitos

Foram idealizadas também algumas simplificações nos requisitos para participar do programa. Entre elas, a do investimento mínimo, que agora passa a ser de R$ 15 milhões, contra os R$ 30 milhões exigidos antes.

Além disso, o prazo da garantia passa para três anos, com a redução da fiança para até 90%, contra os atuais 75%. A adesão foi liberada para as montadoras que tenham a partir de R$ 3 milhões a receber, R$ 2 milhões a menos do que antes.

Velocidade.blog.br

O Velocidade.Blog.Br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?