Caminhão na faixa da esquerda pode levar multa

Atualmente, já virou uma situação corriqueira encontrar caminhões transitando na faixa da esquerda, mesmo em pistas de três faixas, aumentando o engarrafamento e o risco de acidentes. Mas é bom saber que existe uma penalidade própria para esta infração e os motoristas podem fazer inclusive denúncias.

Carros
3 meses atrás
Caminhão na faixa da esquerda pode levar multa

Proibido caminhões na faixa da esquerda

Embora seja comum notar em rodovias caminhões transitando na faixa da esquerda, o art. 29 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) diz que os veículos lentos e pesados devem trafegar pela direita:

“IV – quando uma pista de rolamento comportar várias faixas de circulação no mesmo sentido, são as da direita destinadas ao deslocamento dos veículos mais lentos e de maior porte, quando não houver faixa especial a eles destinada, e as da esquerda, destinadas à ultrapassagem e ao deslocamento dos veículos de maior velocidade”.

Já o art. 185 prescreve uma penalidade de infração média, com 4 pontos, e multa de R$ 130,16 para os motoristas de caminhões que se mantiverem na faixa da esquerda.

Ultrapassagens permitidas

É claro que em situações de ultrapassagem, quando um caminhão se depara com outro em velocidade menor, é permitido utilizar a faixa da esquerda. Aliás, que é destinada para este fim.

Isso não quer dizer que os veículos de maior porte podem iniciar uma ultrapassagem no momento que desejarem. Devido ao enorme peso carregado, alguns veículos são muito lentos e devem aguardar a ocasião de menor movimento para se deslocarem à faixa da esquerda.

Trânsito e acidentes

A obrigatoriedade dos caminhões na faixa direita não é uma lei arbitrária, mas uma necessidade para evitar o engarrafamento do trânsito e diminuir os riscos de colisões traseiras na faixa de maior velocidade.

Quando os caminhões resolvem trafegar na faixa da esquerda tendem a aumentar a velocidade. Ora, em situações de declives acaba ficando mais difícil segurar um veículo de maior porte apenas na marcha e o uso intensivo do freio pode gerar a perda do controle e um gravíssimo acidente.

Fiscalização e denúncia

Mesmo assim quem tiver a tentação de cometer a infração, é bom ter em mente que a fiscalização dos veículos de grande porte não é feita apenas de forma presencial, mas por meio de monitoramento de câmeras.

Além disso, qualquer motorista pode iniciar uma denúncia de situações irregulares nas rodovias através do número 191 da PRF.

Sobrepeso e lentidão

Infelizmente, um erro leva a outro. Se não fosse apenas o problema dos veículos de maior porte serem mais lentos, alguns ainda transitam com sobrepeso, ou seja, com cargas acima do permitido.

Com efeito, a própria faixa destinada aos caminhões fica sobrecarregada devido à maior lentidão dos veículos com excesso de peso. O risco de ultrapassagens também fica maior, pois obriga os veículos leves a diminuírem prontamente a velocidade ao se depararem com um caminhão na faixa da esquerda.

Limite de velocidade na faixa da esquerda

O art. 62 do CTB prescreve ainda uma velocidade mínima, na faixa da esquerda, que não pode ser menor a 50% do limite máximo permitido.

Se em uma rodovia, por exemplo, com velocidade máxima de 80 km/h, um caminhão estiver transitando a 35 km/h na faixa da esquerda estará cometendo uma infração e poderá ser autuado.

Já na faixa da direita não existe essa fiscalização, podendo um caminhão trafegar até mesmo a 10 km/h.

Síndrome da faixa da esquerda

Apesar de todo forte controle e penalidades severas, o número de autuações por tráfego de caminhões na faixa da esquerda é alto e tem aumentado.

Na realidade, a tendência de permanecer na faixa da esquerda já é considerada uma síndrome que afeta todos os veículos.

De acordo com a pesquisa “Observatório sobre comportamento de motoristas da rede das Autopistas 2018”, o número de motoristas de veículos leves que se mantém na faixa da esquerda sem necessidade de fazer ultrapassagem é de 14%.

O resultado é que mesmo veículos leves estão atrapalhando o tráfego na faixa da esquerda por não cederem a ultrapassagem quando estão transitando em velocidade mais lenta.

Velocidade.blog.br

O Velocidade.Blog.Br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?